Educação

Factos-Chave

por Paulo Lucas – ZERO

Os espaços florestais ocupam 6,2 milhões de hectares, ou seja, 2/3 do território nacional.

A floresta nacional é maioritariamente constituída por espécies florestais autóctones (72%)

O carbono armazenado nas florestas portuguesas é de 334 milhões de toneladas (Gg CO2e)

O sobreiro, árvore nacional, é a espécie autóctone com mais área, com cerca de 720 mil hectares

Os montados de azinheira e sobreiro não são propriamente uma floresta, mas sim um mosaico de pastagens naturais com sobreiros e/ou azinheiras

Os carvalhais dominados por espécies do género Quercus, que não o sobreiro e a azinheira, ocupavam 2,5% da área total da floresta portuguesa.

 

Em Portugal estão identificados 18 habitats florestais protegidos por legislação nacional e europeia.

 

Pontos positivos

Portugal tem a maior área de sobreiro do mundo

20% da floresta portuguesa encontra-se enquadrada em áreas classificadas (áreas protegidas e rede natura 2000)

92 000 pessoas empregadas nas indústrias ligadas à floresta, sendo que 63% dos empregos estão associados a empresas da fileira do pinheiro-bravo

A floresta portuguesa alberga 121 espécies de flora e 52 de fauna protegidas

Mais de 400 000 proprietários rurais são beneficiários do valor criado pela exploração florestal

A floresta é responsável por cerca de 1,5 mil milhões de euros de exportações

Pontos negativos

O eucalipto, espécie exótica, é a espécie mais representativa da floresta portuguesa, ocupando já mais de 850 mil hectares, sendo que quase metade da área encontra-se abandonada

 Utilização de madeira para produção de energia e de pellets, bom como os fogos rurais, são as principais ameaças à floresta portuguesa

Quase 50% da área florestal tem gestão inexistente ou quase inexistente ou espécies invasoras

O número de fogos rurais continua a ser muito alto, sendo que em 2022 ocorreram mais de 10 mil incêndios

Dos 18 habitats florestais existentes, apenas 1 se encontra em estado de conservação favorável

O que podes fazer?

Ações Individuais

Plantar e cuidar de árvores ou arbustos autóctones ou apoiar associações que o façam

Denunciar corte de árvores às autoridades

Evitar embalagens (tanto de plástico como de papel) e levar o teu saco reutilizável

Informa-te sobre a proveniência da lenha que compres, não apoies o mercado de cortes e podas ilegais.

Se não tens um terreno: apoiar acções de plantação/reflorestação; envolver-te numa associação e estar atento à gestão da floresta ao redor da tua aldeia/cidade.

Ações Coletivas

 Falar com a junta de freguesia e/ou câmara municipal e organizar plantações de árvores e arbustos autóctones em terrenos públicos ou privados. Ter em atenção que estas plantas vão necessitar de cuidado de acompanhamento ao longo dos anos.

Promover ações de sensibilização para a conservação das florestas junto dos mais jovens

Organizar caminhadas em matas/parques/florestas perto de ti. Nós só cuidamos daquilo que conhecemos, quanto mais pessoas tiverem contacto e conhecerem a floresta, mais sensibilizadas estarão para protegê-la.

Descobre outros recursos

Projetos desta categoria

FESCOOP

FESCOOP

Cooperativa para o Desenvolvimento das Finanças Éticas e Solidárias

Aldeia Sabão

Aldeia Sabão

Eco loja no Fundão. Produzimos sabonetes artesanais, vendemos outros produtos ecológicos e realizamos workshops. Queremos inspirar e ensinar outras pessoas a fazer os seus próprios cosméticos, reduzir desperdício, e fazer escolhas informadas sobre os produtos que...

Toca – Tempo de viver a natureza

Toca – Tempo de viver a natureza

RESTAURAR a relação ancestral dos seres humanos com os ambientes naturais é a fórmula, natural, que sustenta uma vivência humana com saúde, prosperidade e plenitude. O Projeto TOCA - Tempo de viver a (nossa) Natureza, procura MOBILIZAR as forças da memória...

Tamera

Tamera é uma comunidade de cerca de 160 pessoas, que está a trabalhar no sentido de desenvolver modelos autónomos descentralizados para um mundo pós-capitalista que segue a sua visão “Terra Nova”

Terra Sintrópica

Terra Sintrópica

A Terra Sintrópica é uma associação em Mértola que promove a transição agroecológica, a “regeneração pelo uso” de ecossistemas, a soberania alimentar e o potencial da economia local

Quinta dos 7 nomes

Quinta dos 7 nomes

A Quinta dos 7 Nomes é uma cooperativa ecológica que nasceu da necessidade de reunir consumidores que procuravam produtos biológicos de qualidade com os produtores locais que precisavam de escoar os seus produtos. Actua em 3 áreas diferentes: agricultura biológica, cursos de sustentabilidade e capacitação da comunidade. O que começou como uma pequena mercearia biológica, rapidamente se desenvolveu para um centro social de formação em sustentabilidade, um café orgânico, talhões comunitários, laboratório de permacultura, sala de yoga e retiros, e eco-camping.

Palombar

Palombar

A Palombar – Conservação da Natureza e do Património Rural é uma associação não governamental de ambiente sem fins lucrativos, que tem como missão conservar a biodiversidade, os ecossistemas selvagens, florestais e agrícolas e preservar o património rural edificado, bem como as técnicas tradicionais de construção. A associação é orientada por uma abordagem pedagógica e de cooperação, promove também a investigação científica nas áreas da Ecologia, Biologia da Conservação e Gestão de Ecossistemas, a educação ambiental, o desenvolvimento das comunidades e a dinamização do mundo rural. A área de intervenção da Palombar é principalmente a região de Trás-os-Montes.

New Loops

N.E.W. Loops – Nutrients, Energy, and Water Loops é uma Organização Não-Governamental portuguesa sem fins lucrativos. Operando numa zona fortemente afectada pela desertificação social juvenil provocada sobretudo pelo trabalho sazonal e precário na área do turismo e hotelaria, acredita que os jovens estão cada vez mais alienados da natureza, prejudicando a sua saúde e bem-estar e negligenciando o meio ambiente.. A Organização tem uma vasta experiência em educação formal e não-formal nas áreas de Biologia Marinha, Erosão Costeira, Eco-Hidrologia, Artes Performativas e Visuais, bem como, em Aprendizagem ao Ar-livre, Permacultura, Bioconstrução, Horticultura Orgânica, Agrofloresta, Cosmética Natural, Fitoterapia e UP-Cycling.A sua missão é contribuir para uma sociedade mais consciente e ecologicamente sustentável, trabalhando com jovens locais de várias idades mas também internacionais através do programa ERASMUS+

MudaTuga

MudaTuga

A MudaTuga é uma startup que apoia a gestão de resíduos em Portugal, promovendo a educação/ sensibilização para a compostagem através de workshops, palestras, actividades de team building e consultadoria

Movimento Terra solta

O Movimento Terra Solta é uma associação que desenvolve acções em espaços abandonados, pondo em prática ideias baseadas em princípios como solidariedade, cooperativismo, agricultura biológica e biodinâmica, comunidade urbana partilhada e actividades de protecção ambiental para uma sociedade mais justa e livre em comunhão com o ambiente

Montis

Montis

A Montis é uma Organização Não Governamental de Ambiente, sem fins lucrativos e de âmbito nacional. Centra-se na gestão de territórios marginais que actualmente são alvo de abandono. Os objectivos centrais da MONTIS são garantir o desenvolvimento dos processos naturais, promover a conservação de espécies autóctones, gerir de forma inteligente os fogos florestais e outros riscos naturais e aumentar o valor de mercado da biodiversidade.

MilVoz

A Milvoz é uma Associação de Protecção e Conservação da Natureza, nascida da vontade de um conjunto de cidadãos em dar voz e representar o património natural da região de Coimbra. Procura transmitir à comunidade conhecimentos que permitam beneficiar a fauna e flora nativas através de modelos de gestão no terreno que sejam sustentáveis e amigos da natureza. Tem como objectivo a valorização, proteção e ampliação de zonas de elevado valor ecológico, não só através da criação de uma rede de Bio-Reservas em zonas de biodiversidade rica e de floresta autóctone portuguesa, bem como preservando a paisagem e o espaço rural.

Infância Viva

Infância Viva

Infância Viva é uma Creche e um Jardim de Infância Waldorf que proporciona uma educação integral, baseada na profunda compreensão do ser humano segundo a Antroposofia, promove o desenvolvimento harmonioso da individualidade enquanto ser físico, anímico e espiritual.

Laboratório da Paisagem

Laboratório da Paisagem

O Laboratório da Paisagem de Guimarães é uma associação sem fins lucrativo e assume-se como uma instituição de Educação Ambiental e de Investigação & Desenvolvimento. A sua principal missão é a de promover o conhecimento e a inovação, a investigação e a divulgação científica, contribuindo para uma acção integrada e participada das políticas ambientais e do desenvolvimento sustentável. Visa um elevado nível de consciencialização ambiental, um eficiente funcionamento das cidades, o bem-estar e a qualidade de vida dos cidadãos, assim como a proteção dos recursos naturais.

Horta da FCUL

A HortaFCUL é um projecto criado e gerido por pessoas da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa que tem por objectivo sensibilizar e difundir a prática da permacultura como solução para muitos dos problemas ecológicos, sociais e económicos que o mundo atravessa.